A Figueira da Foz

UM POUCO DA CIDADE

Image Hosted by ImageShack.us

A cidade da Figueira da Foz é uma cidade situada no centro de Portugal Continental, no distrito de Coimbra, mais precisamente na subregião do Baixo Mondego (desembocadura do rio Mondego com o Oceâno Atlântico). É a segunda maior cidade do distrito, com quase 30.000 habitantes.
A cidade é conhecida como “Rainha da Costa de Prata”.
É uma cidade pequena e essencialmente turística. Atrai centenas de pessoas na época balnear por causa das suas praias.

ARTE

A Arte pode definir-se como a capacidade que o Homem possui de produzir objectos ou realizar acções com as quais possa expressar ideias, sentimentos ou emoções estéticas. Esses objectos ou acções capazes de veicular ideias, sentimentos ou emoções estéticas são as obras de arte. No nosso século, mais do que em qualquer época, o mundo ocupa-se da Arte. Tem sido avançada a hipótese de que a civilização do futuro venha a ser a civilização sem Arte.As funções artísticas, digamos assim, já não são como no passado estabelecidas pela sociedade, mas sim por artistas (intelectuais) independentes. Este tipo de formação artística fez-se acompanhar pela formação de grupos de artistas. Estes grupos que atribuem um nome a eles próprios e seguem a sua “política” em relação à arte.Posso referir um grupo de artistas intervenientes em termos culturais chamado tubo d’ensaio (criado à relativamente pouco tempo;situa-se na Figueira da Foz) que promove espectáculos, exposições, workshops, atraiem muitos artistas ás suas instalações e até mesmo pessoas de diferentes faxas etárias que demonstram curiosidade em conhecer o espaço e em partilhar os seus conhecimentos. Além disso, os preços são bastante acessíveis. Eles pretendem, tal como referi em cima, ter uma “política” própria. As opiniões de um adminstrador do espaço: “a nossa opção sempre foi funcionarmos por nós próprios sem qualquer tipo de subsídios por mais díficil que pudesse ser uma primeira intervenção”; “Hoje em dia a maior parte deste tipo de grupos de jovens artistas como nós prentende incentivar todo o tipo de pessoas a estarem mais sensibilizadas para a cultura, para a arte, nada de demasiado revolucionário, mas que pudesse de certa forma sensibilizar” O carácter comum de todas as tendências é o de obviamente fazer Arte com o objectivo de que ela se insira no sistema cultural actual. A palavra cultura é de origem latina (onde possui a mesma raíz de cultivo e de culto, adoração), a palavra tem vindo a ser aplicada em diferentes contextos e domínios (nas ciências, nas técnicas, nas letras) que derivam de um significado etimológico comum. Cultura significa a acção que o Homem realiza quer sobre o seu meio, quer sobre si mesmo, com o objectivo de ter uma transformação. O significado desta palavra evoluiu em dois sentidos: primerio ela pode significar a formação do Homem como homem, isto é a sua educação a nível corporal, intelectual, moral e religioso. Enquanto acção do Homem no meio em que está inserido cultura significa um conjunto de produtos e atributos  das sociedade humanas. A cultura em si começou a difundir-se no século XIX, por filósofos alemães. Hoje pensa-se que cultura quanto ao domínio do ser focaliza a formação pessoal, os valores e a mentalidade; quando ao domínio do ter visa a vida material, técnica e tecnológica, equipamentos… Resumindo cultura significa o aspecto pessoal e criador da civilização.A cultura engloba portanto a linguagem falada, as técnicas da escrita, o direito, as práticas do lazer e do ócio, os costumes, as concepcções sobre o planeta e o universo, a religião e sobretudo a Arte sob todas as formas, está actividade como é exclusivamente humana, deve tanto aos seus criadores individuais como ás sociedades ondes eles se integram. A Arte é portanto um produto cultural por excelência.Por hoje é tudo, esperamos não massar mais com textos deste género (a nossa disciplina obriga-nos a ser específicos nas diversas áreas em que trabalhamos), nos próximos posts pretendemos publicar as novidades da nossa cidadade. Fiquem atentos ! 😉

texto por: Marta Vasconcelos Abrunhosa ; referências: Livros de História da Cultura e das Artes do 11º e 12º anos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: